Os cuidados nutricionais das nossas refeições pedagógicas começam:

  • Na escolha de alimentos crus tenros (legumes e verduras brotos ou recém colhidos, frutas no auge da sua estação )
  • Na preferência por cereais sempre integrais
  • Na ausência de lactose, colesterol e temperos industrializados
  • No balanceamento dos grupos alimentares ao planejar e executar as receitas
  • Na combinação criteriosa dos ingredientes dos cardápios
  • Não fritando os temperos nem saturando as gorduras com o seu aquecimento
  • Na obtenção de prazer intenso totalmente isento de culpa porque Deus é o Seu autor
  • No contraste agudo das cores a fim de comer primeiro com os olhos
  • Na preservação dos nutrientes evitando oxidação e cozendo apenas o necessário
  • No design no prato que a percepção interpreta organização atraente
  • Na ausência de líquidos com sólidos, café, chocolate e sobremesa
  • Na criação de alternativas sadias prazerosas para as dificuldades mais comuns: 

-Molho “faz comer salada” que estimula e facilita a ingestão desses alimentos em qualquer faixa etária
-Um bolo de frutas secas para quem não vive sem essa guloseima vilã das dietas, no qual é impossível exagerar porque sacia rapidamente

Menu do Almoço Pedagógico

  • Salada de beterraba, cenoura e repolho ralados
  • Molho faz comer salada
  • Arroz integral
  • Lentilhas
  • Assado de triguilho
  • Abóbora refogada
Almoço Delicioso

Modo de Ingerir

  • Providenciar a ingestão de 500 ml de água por comensal, bebida até meia hora antes do almoço.

  • Coloque na mesa somente a salada com o molho faz comer salada, a fim de consumir a proporção de 50% da refeição porque não visualiza os demais alimentos (orientar que os alimentos sejam bem mastigados e salivados colocando-os na boca e deixando as mãos para trás enquanto aguarda o momento de engolir quando houver apenas uma pasta bem salivada; não sirva nenhum tipo de líquido, nem sobremesa)

  • Após consumir a salada com o “molho faz comer salada” obtendo saciedade plena dos alimentos reguladores, coloque na mesa os demais alimentos: arroz integral com lentilhas, o assado de triguilho e a abóbora refogada (continue orientando que não se descuide da mastigação com bastante salivação)

Receita do Molho Faz Comer Salada

Ingredientes:
2 cebolas grandes;
2 limões;
½ xícara de chá de azeite;
2 dentes médios de alho;
1 colher rasa de sopa de açúcar mascavo para reduzir a acidez,
sal a gosto.

Molho Faz Comer Salada

Preparo: Bata os ingredientes no liquidificador. O molho deve ficar com a consistência de maionese se a aprecia, ou mais líquido adicionando suco de limão se prefere assim. A consistência é aumentada pela adição de cebolas. Deve ser levemente picante pelo sabor dos dentes de alho, podendo acrescentar mais dele até satisfazer a excitação do seu paladar. No caso de desejar menos acidez, acrescente um pouco do açúcar mascavo. Do contraste dos ingredientes competindo entre si no sabor, deve resultar uma salivação intensa que favorecerá agudamente a ingestão da salada. Se o resultado inicialmente obtido não for o descrito em função de variações imprevistas nos ingredientes, seja paciente e teste as correções sugeridas até ficar extremamente saboroso a ponto de receber elogios. Então, disporá de uma ferramenta saborosa e prática que solucionará a frequente falta de vontade de consumir saladas, condição determinante para a obtenção de excelência na qualidade de vida. 

Rendimento: 6 porções.

Receita do Arroz Integral

Ingredientes:
1 copo de 200 ml de arroz integral;
3 copos de água;
alho, cebola, sal e pouco óleo de girassol.

Preparo: Coloque numa panela somente o arroz e a água, e deixe cozinhar. Adicione os temperos quando restar bem pouca água, para o cozimento ser rápido retirando o argumento para não consumir arroz integral porque demora para cozinhar. Para o comensal se motivar a consumir o arroz integral comendo primeiro com os olhos, faça-o à grega adicionando no final do cozimento, cenoura, azeitonas e beterraba picadinhos. Pode incrementar ainda mais se desejar, com palmito, alcaparras e ervilhas. Porque o arroz integral é infinitamente mais nutritivo do que o arroz branco, é altamente recompensadora qualquer ação adicional para criar seu hábito de consumo. 

Rendimento para 4 pessoas.

Assado de Triguilho (Trigo de Quibe)

Ingredientes: 
400 gramas de triguilho (trigo de quibe);
100 gramas de farinha de linhaça dourada (Substitui os ovos para dar liga na massa);
4 tomates picadinhos;
200 g de farinha de aveia;
½ xícara de chá de azeite, ou óleo de girassol;
1 cebola picadinha;
azeitonas verdes picadas a gosto;
2 latas de ervilhas em conserva,
1 folha de louro em pedaços;
salsa; cebolinha; orégano; sal a gosto.

Preparo: Coloque o triguilho (trigo de quibe) de molho na água por três horas. Esprema-o bem. Pique a cebola e os tomates, e misture todos os ingredientes. Ponha em forma untada, e asse durante quarenta minutos, ou até dourar bem. 

Rendimento: 12 porções.

Não inserimos a receita das lentilhas, porque é preparada como os feijões comuns.

Lentilhas

Não inserimos a receita da abóbora refogada, porque é um prato comum, cujo preparo não requer orientação especializada.

Enviar mensagem
Fale Agora Conosco
Olá tudo bem? Clique no botão para falar com um de nossos atendentes.